Para obter as máximas produções de tomate é necessário irrigar gota-a-gota, utilizando a fertirrigação, com turnos breves (de 2-4 dias).

O tomate se ressente do stress hídrico durante qualquer período do seu ciclo.

Com a irrigação gota-a-gota, para uma produção ideal, sugere-se efectuar em média as seguintes intervenções de irrigação:

Com a irrigação por chuva pode-se indicativamente manter os mesmos volumes de irrigação, mas com intervalos obviamente mais longos (cerca de 10 dias).

A produção será de toda forma inferior àquela do tomate irrigado gota-a-gota.